Pular navegação.

Música


Pujança de uma raça
(Beto Fininho - Renato Fialho)

Eu tenho poesia pra mostrar
A pujança de uma raça como é
Vindo de conquista em conquista
Na ribalta fiz-me artista
Lutando contra a maré
Negro é feitiço, é mandinga
É batuque, é dança, é ginga
Ganga Zumba, Candomblé
Tendo um passado de suplício
Negro foi pro sacrifício
Mostrou combatividade
E autoridade pra dizer
Que fizemos florescer
A luta pela nossa liberdade

A raça Brasil hoje é aquela
De beleza tão singela
Que encanta o forasteiro
Já varou fronteiras com coragem
Na passarela é visagem
Que reluz no mundo inteiro
O samba de roda mé feiticeiro
É ritmo bem brasileiro
É reza pra gente cantar
A vida social em oração
Canto à miscigenação
Hoje a negritude está no ar

******************************
CLIQUE AQUI PARA OUVIR
(na voz de Beto Fininho)

voltar

Copyright © 2004–2017 Renato.Fialho.