Pular navegação.

Poesia


O Vento

De longe
Por tantas terras

(ele passa)

seu alento
em nossos rostos

em rápidas carícias

      R.Fialho

voltar

© 2004–2017 Renato.Fialho.