Pular navegação.

Poesia


Mérito

 

Que fiz eu de mais
simples mortal
para ter-te
para sempre
em meu jardim?

      R.Fialho

voltar

© 2004–2017 Renato.Fialho.